18 de maio de 2018

Ceu Abre Circuito De Encontros Com Lideranças Políticas

Foto: Jornal Comunicação
Evento pretende aproximar possíveis representantes políticos para discutir temas voltados à permanência estudantil e educação.
por Claudia Santos
A Casa do Estudante Universitário do Paraná deu início nesta quinta-feira (17) à primeira edição do evento “Brasil em Pauta”, com presença da pré-candidata à presidência da república, Marina Silva. O encontro teve a presença de representantes do ensino médio e superior. A ideia do circuito é o diálogo a respeito das propostas de lideranças políticas que são pré-candidatos ao Governo do Estado, Senado Federal e a Presidência da República. Outro objetivo é discutir a inclusão da permanência estudantil nas propostas dos partidos que comparecem ao encontro.

Na primeira edição, a pré-candidata Marina Silva apresentou propostas direcionadas a juventude brasileira e à educação pública. Marina respondeu diferentes perguntas elaboradas pelas casas de estudantes ou enviadas pelo formulário de inscrições.  Cleverton Quadros, presidente da CEU, questionou sobre o futuro dos auxílios que garantem a permanência estudantil, em seu possível governo. A pré-candidata defendeu que a prioridade de qualquer liderança nacional deve ser o apoio a educação e que compreende na prática a importância de assistências como a que oferece os restaurantes universitários e afirmou o desejo de mantê-los, se eleita.

A estudante e moradora do Lar da Acadêmica de Curitiba (LAC), Andressa Leite Rodrigues, discorreu sobre dados que declaram que, atualmente, apenas 1,3% do PIB brasileiro é destinado à pesquisa e inovação e questionou a pré-candidata sobre sua visão. Marina Silva concordou que há poucos investimentos direcionados à pesquisa e extensão e defendeu mais direcionamentos de recursos que fomentem a inserção de jovens, especialmente jovens de baixa renda, na prática da pesquisa, para impulsionar o desenvolvimento educacional do país.     

Os alunos fizeram uma reflexão sobre a instabilidade da universidade pública e o risco de sua continuidade apresentando fatores que impactam a vivência nas residências universitárias.  No encontro, também estiveram presentes os representantes da Casa do Estudante Luterano Universitário (CELU), Casa do Estudante Nipo-brasileira de Curitiba (CENIBRAC) e da Casa da Estudante Universitária de Curitiba (CEUC).

 A pré-candidata sugeriu às Casas de Estudantes que levantassem as principais problemáticas que as instituições estão enfrentando e elaborassem um termo de compromisso. Este termo poderia ser assinado por ela e outros candidatos, se comprometendo a discutir formalmente sobre as propostas apresentadas pelos alunos, como a desburocratização e direcionamento de recursos federais, caso eleitos.

O circuito “Brasil em pauta - CEU discutindo juventude, educação e democracia” terá outras edições e a CEU já está em diálogo com Manuela Dávila, Álvaro Dias e Guilherme Boullos. O espaço está aberto a outros candidatos.