26 de novembro de 2017

CEU integra novos estudantes moradores

Lucas Lopes (*)

No último sábado (25), a Casa do Estudante Universitário do Paraná (CEU) promoveu o evento de Integração de Novos Estudantes Moradores, recém-admitidos no Processo Seletivo 2017.2 – Edição Extra. Importante rito de passagem, esse evento tem o objetivo de apresentar oficialmente e formalmente a estrutura da Fundação aos novos residentes, desde o modelo de gestão até a dinâmica de funcionamento, reforçando o propósito, a missão e os valores da CEU.

Representantes da Superior Administração da Fundação deram as
boas vindas aos novos estudantes moradores (Foto: Miller Vale)

A programação teve início com a entrega dos contratos, seguida pela apresentação dos representantes dos conselhos que compõem a Superior Administração da instituição: Curador, Fiscal e Administrativo. Além das boas-vindas, eles falaram sobre a função regimental de cada colegiado. Na sequência, foram apresentados os 14 departamentos administrativos, que mantém a CEU em funcionamento.

Em clima de descontração, o diretor de Comunicação & Marketing da Fundação, Cristiano Sousa, aplicou uma dinâmica com frases retiradas dos formulários de inscrição, preenchidos pelos próprios estudantes para as vagas. O desafio consistiu em adivinhar o autor de cada trecho, seguido da apresentação pessoal. “Essa atividade é importante para que eles também possam se conhecer melhor, criando os primeiros vínculos de amizade”, explicou o diretor.

Novos estudantes moradores conheceram um pouco da história da CEU e a
a dinâmica de funcionamento da Fundação (Foto: Miller Vale) 

No total, foram aprovados 12 candidatos, que vieram de diversas cidades do Brasil: Araxá (MG), Araucária (PR), Buri (SP), Ibema (PR), Itapeva (SP), Laguna (SC), Poços de Caldas (MG), Salvador (BA), Sobral (CE), Videira (SC); e da República de Benin, país da região ocidental da África.

Eles são estudantes de cursos de variadas áreas do conhecimento, na Universidade Federal do Paraná (UFPR), Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR), Faculdades Integradas Camões (Fica) e Faculdade Evangélica do Paraná; além de dois vestibulandos, dos cursos Mais Federal e Positivo.

Na Fundação, os estudantes têm acesso a uma série de benefícios, tais como: café da manhã diário; serviço de portaria e lavanderia 24 horas; sala de estudos; laboratório de informática; salão de jogos; Internet; além de atividades acadêmicas, esportivas, culturais e de lazer.

Recreação
Seguindo a tradição, a segunda parte do evento foi conduzida pela turma de estudantes aprovada no Processo Seletivo anterior. A série de atividades proporcionou a eles explorar melhor os espaços da CEU. Organizados em três equipes, as brincadeiras contribuíram para um maior entrosamento da turma.

O estudante de Medicina da PUC-PR, Felipe Freitas, um dos organizadores da gincana, ressaltou a importância da Integração. Ele lembra que ao ser admitido como beneficiário da Fundação, seus primeiros contatos aconteceram nesse evento. “Quando preciso de algo, sempre recorro aos colegas da turma”, concluiu.

Finalizando o evento, os novos residentes receberam a premiação, que foi entregue aos membros de todas as equipes, independente da pontuação na gincana. Elimar Kauffmann, estudante de Sistemas de Informação, na Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), comentou que saiu do evento sentindo-se, enfim, "integrado à CEU".

Cada calouro recebeu um ingresso para o cinema (Foto: Johnny Lourenci)

Em breve, confira aqui mais fotos do evento.

(*) Estudante de Letras da Universidade Federal do Paraná (UFPR)

Casa do Estudante Universitário do Paraná (CEU)
Departamento de Comunicação
Célula de Relacionamento Institucional

CEU na Internet: www.ceupr.com.br
Curta a CEU no Facebook: @ceuparana
Siga a CEU no Twitter: @ceupr

23 de novembro de 2017

Residente da CEU estreia peça de teatro com texto de dramaturga inglesa

Cris Franco (*)

O espetáculo “Vermelha Ânsia”, uma livre adaptação do texto “Ânsia”, da autora Sarah Kane, estreia nesta quinta-feira (23), a partir das 20h30, no Teatro Laboratório da Faculdade de Artes do Paraná (FAP) da Universidade Estadual do Paraná (Unespar).


Realizado pelos alunos do curso de Teatro da FAP, a proposta faz parte de uma prova pública para a disciplina de Projeto de Investigação de Cena (Pinc), e conta com a participação, entre outros artistas, de Giulia Sartori, residente da Casa de Estudante Universitário do Paraná (CEU).

No palco, quatro atores dão vida ao texto da dramaturga inglesa Sarah Kane, caracterizado pela profundidade psicológica e pelas imagens chocantes. A peça coloca em questão os conflitos existenciais de cada personagem, tendo como pano de fundo a solidão.

Em “Ânsia”, o sentimento de vazio e isolamento é abordado de diversas formas, ao mostrar que qualquer pessoa pode viver um conflito interno e com o mundo, sendo tal sentimento, muitas vezes, não percebido por outras pessoas.

Confirme presença no evento, via Facebook: https://goo.gl/FkFTjJ.

Serviço

O que: Peça "Vermelha Ânsia"
Quando: 23 de novembro de 2017 (quinta-feira), das 20h30 às 21h30
Onde: Teatro Laboratório da FAP - Rua dos Funcionários, 1756 – Cabral | Curitiba (PR)
Quanto: Gratuito

(*) Estudante de Mestrado em Ciência Política, na Universidade Federal do Paraná (UFPR)

Casa do Estudante Universitário do Paraná (CEU)
Departamento de Comunicação
Célula de Relacionamento Institucional

CEU na Internet: www.ceupr.com.br
Curta a CEU no Facebook: @ceuparana
Siga a CEU no Twitter: @ceupr

19 de novembro de 2017

CEU promove discussão sobre políticas afirmativas e igualdade racial

Cris Franco (*)

Em comemoração ao Dia Nacional da Consciência Negra, a Casa do Estudante Universitário do Paraná (CEU) realizou no último sábado (18), mais uma edição do Café Filosófico. Com o tema Políticas Afirmativas e Igualdade Racial, nesta edição, os participantes discutiram sobre os negros no contexto histórico e na sociedade contemporânea.

Residentes e pessoas da comunidade participaram do evento (Fotos: Cristiano Sousa

O evento contou com a exibição do documentário “Os Panteras Negras: Vanguarda da Revolução”. O filme aborda a história do Partido dos Panteras Negras (PPN) pela busca dos direitos civis dos negros americanos, na década de 1960, em Oakland, na Califórnia, com base em cerca de três reinvindicações: moradia digna, emprego e fim da violência policial.

Participantes assistiram ao documentário "Os Panteras Negras:
Vanguarda da Revolução" (Fotos: Cristiano Sousa)

Referente à última reinvindicação proposta pelo PPN, o mestre em Engenharia Química pela Universidade Federal do Paraná (UFPR), Everton Rocha, que também é ex-residente da CEU, trouxe para o debate alguns dados com amparo no relatório divulgado pelo Mapa da Violência no Brasil em 2014. “A cada 23 minutos morre um jovem negro entre 15 e 29 anos de idade no Brasil, ou seja, enquanto o filme passava cerca de seis pessoas morreram”, destacou.

Em relação ao número de estudantes que têm acesso ao ensino superior, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), 53,6% da população brasileira se declara preta ou parda, sendo o restante 45,5% brancos. Deste percentual, apenas 9,8% da população negra tem acesso às universidades federais.

É o que mostra o estudo realizado pela Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes). Segundo a pesquisa entre os anos de 2013 e 2014, o número de estudantes pretos nas universidades federais cresceu de 5,9% para 9,8%. Para os alunos que se declaram pardos, o número passou de 28,3% para 37,7%.

Everton Rocha compartilhou várias experiências (Fotos: Cristiano Sousa)

Everton disse que, apesar de ser oriundo da Bahia, estado com maior número de negros no País, enfrentava essa situação. “Eu era o único negro da minha turma, durante a graduação não me sentia parte daquilo”, ressaltou. A estudante de farmácia da UFPR, Camila Guimarães, disse passar pela mesma situação. “Sou a única preta da minha sala”, afirmou.

Sobre a forma correta para se referir às pessoas afrodescendentes, a mestranda de História da UFPR, Samara Marques, explicou a diferença do substantivo “preto” e do adjetivo “negro”, sendo o primeira, a forma correta a ser usada. Segundo ela, o adjetivo “negro”, na maioria das vezes, está relacionado a conotações negativas. “Uma parede é branca e não clara. O mesmo acontece com a palavra preta. O certo é usar o substantivo, ou seja, uma pessoa é preta e não negra”, explicou.

Samara apontou, ainda, a diferença entre os conceitos de racismo e preconceito, “Racismo é uma discriminação social, estritamente ligada à história dos negros, já o preconceito é uma atitude discriminatória ampla”, concluiu.

Participantes aproveitaram as guloseimas preparadas pelos
estudantes moradores da CEU (Fotos: Cristiano Sousa)


Para as hóspedes de primeira viagem da CEU, Alice e Onira, ambas da cidade de Ampére, no interior do Paraná, o evento foi uma surpresa. “Ficamos felizes com a iniciativa e organização da CEU em relação a temáticas como essa”, comemoraram.

(*) Estudante de Mestrado em Ciência Política, na Universidade Federal do Paraná (UFPR)

Casa do Estudante Universitário do Paraná (CEU)
Departamento de Comunicação
Célula de Relacionamento Institucional

CEU na Internet: www.ceupr.com.br
Curta a CEU no Facebook: @ceuparana
Siga a CEU no Twitter: @ceupr

17 de novembro de 2017

Estudantes moradores da CEU organizam exposição da cultura negra

Nesta sexta-feira (17), a partir das 19 horas, será aberta a exposição Reexistir, promovida pelo coletivo Africanitude, em parceria com o Centro Cultural Humaitá e a Festa do Rosário. O evento se estende até o próximo domingo (19), no Memorial de Curitiba (Rua Claudino dos Santos, 79 – São Francisco), na capital paranaense.


Dentre os vários artistas, a iniciativa conta com a participação de dois residentes da Casa do Estudante Universitário do Paraná (CEU): Eduardo Barbosa e Wemerson Prazeres, ambos estudantes de Artes Visuais da Universidade Federal do Paraná (UFPR).

Reunindo a produção de artistas negras e negros, que residem em Curitiba, a exposição Reexistir apresenta várias discussões ao público. As obras permeiam as vivências dos artistas em relação à violência praticada por uma sociedade estruturalmente racista, e denuncia a violência e o genocídio de vidas negras pelos instrumentos de repressão do Estado e da própria sociedade. A vivência afro-religiosa também está presente na exposição, pois historicamente as religiões de matriz africana são pontos de resistência e de insurreição.

A entrada é gratuita e, durante a abertura, você ainda confere um pocket show com as cantoras Noemi Carvalho e Luane Cristine, regado a doses de caipirinha (na faixa).

Confirme aqui sua presença no evento do Facebook.

Cristiano Sousa
Diretor de Comunicação

Casa do Estudante Universitário do Paraná (CEU)
Departamento de Comunicação
Célula de Relacionamento Institucional

CEU na Internet: www.ceupr.com.br
Curta a CEU no Facebook: @ceuparana
Siga a CEU no Twitter: @ceupr

15 de novembro de 2017

CEU divulga nomes de pré-aprovados no Processo Seletivo 2017.2 – Edição Extra

Na última terça-feira (14), a Comissão do Processo Seletivo 2017.2 – Extra disponibilizou a relação dos candidatos pré-aprovados para a fase final da seleção de novos estudantes moradores da Casa do Estudante Universitário do Paraná (CEU). Os nomes podem ser conferidos aqui.

Ao todo, foram aprovados 12 estudantes, que deverão comparecer no sábado da próxima semana, 25 de novembro, às 13h30, na sede da Fundação (Rua Luiz Leão, nº1 – Centro), em Curitiba (PR), para participar do evento de Integração dos Novos Estudantes Moradores.


Na ocasião, todos deverão entregar o Contrato de Estudante Morador em Estágio Probatório, com firma reconhecida em cartório, conforme Edital 03/2017. Referido documento será enviado, via e-mail, para os endereços de Correio Eletrônico registrados nos formulários online de inscrição.

Candidatos menores de idade devem informar por e-mail (processoseletivo@ceupr.org.br), pois o Contrato possui procedimento diferenciado.

Os candidatos não aprovados na segunda fase do Processo Seletivo 2017.2 – Extra poderão retirar a documentação na Secretaria da CEU em até 10 dias úteis, contados a partir da próxima segunda-feira (20). Quem não conseguiu uma vaga agora pode tentar novamente no primeiro semestre de 2018.

Cristiano Sousa
Diretor de Comunicação

Casa do Estudante Universitário do Paraná (CEU)
Departamento de Comunicação
Célula de Relacionamento Institucional

CEU na Internet: www.ceupr.com.br
Curta a CEU no Facebook: @ceuparana
Siga a CEU no Twitter: @ceupr

12 de novembro de 2017

Novo sistema de acesso da CEU garante mais segurança

Lucas Lopes (*)

Segurança é uma área indispensável, pois afeta diretamente o bem-estar das pessoas e a proteção do patrimônio. Partindo dessa premissa, a Casa do Estudante Universitário (CEU) implantou o novo sistema de controle de acesso às dependências do prédio histórico da Fundação.

Sistema informatizado de acesso foi implantado pelo
Departamento de Informática (Foto/Lucas Lopes)
Desde o mês passado, cartões de identificação, previamente cadastrados, foram distribuídos aos estudantes moradores. Catracas e câmeras de alta resolução garantem que ninguém acesse a instituição sem o conhecimento da equipe de recepção, o que contribui para evitar incidentes de segurança.

Ao todo, são três tipos de cartões de acesso: estudante morador, visitante e hóspede. O primeiro permite acesso à entrada principal e área de lazer, onde estão a quadra poliesportiva e a churrasqueira, além da Lavanderia. O segundo, dá acesso somente à entrada, enquanto o terceiro, permite o acesso ao Hostel.

O estudante Elías Alvizuri, que atua como bolsista na Recepção, reconhece a praticidade do novo sistema, uma vez que foram simplificados os procedimentos de registro do público externo. “Agora não precisa da assinatura do estudante morador quando o visitante deixa as dependências da Fundação”, explica.

Com a implantação desses equipamentos, foi concluída a etapa final do projeto de reforma da recepção da Fundação, em operação desde o início do ano. O sistema informatizado de acesso, com catracas e controle de moradores, visitantes e hóspedes, ocorreu de forma progressiva, a partir de uma iniciativa do Departamento de Informática.

Segundo o universitário João Paulo Benassi, diretor do Departamento de Recepção, “a revitalização desse ambiente era uma necessidade antiga, proposta, inclusive, por gestões anteriores do Conselho Administrativo”. Mais que uma simples portaria, o novo espaço, que conta com sofás e poltronas, tornou-se também um local de convivência para os estudantes moradores.

(*) Estudante de Letras, na Universidade Federal do Paraná (UFPR)

Casa do Estudante Universitário do Paraná (CEU)
Departamento de Comunicação
Célula de Relacionamento Institucional

CEU na Internet: www.ceupr.com.br
Curta a CEU no Facebook: @ceuparana
Siga a CEU no Twitter: @ceupr

10 de novembro de 2017

CEU divulga nomes dos candidatos para entrevistas do Processo Seletivo 2017.2 - Extra

A Comissão do Processo Seletivo 2017.2 - Edição Extra concluiu, na última quinta-feira (9), o agendamento das entrevistas individuais dos candidatos às vagas na Casa do Estudante Universitário do Paraná (CEU).


O presidente da Comissão, Orlando Monteiro, recomenda a leitura do Estatuto e do Regimento Interno da CEU. “É importante que conheçam um pouco da Fundação, especialmente quanto à convivência e sociabilidade entre os estudantes moradores”, afirma.

Todos os candidatos devem comparecer ao local meia hora antes do horário da sinalizado e, caso faltem a essa etapa, serão, automaticamente, eliminados.

O resultado preliminar das entrevistas, com os nomes dos estudantes pré-aprovados para a etapa seguinte do Processo Seletivo, será divulgado na próxima terça-feira (14). Caso algum candidato não seja pré-aprovado, terá um prazo até a sexta-feira (17) para recorrer. O resultado definitivo será publicado no dia 21 de novembro.

No dia 25 de novembro (sábado), será realizada a etapa final, que consiste na participação do evento de Integração de Novos Estudantes Moradores. Na ocasião, serão recolhidos os contratos, inclusive dos menores de idade, que também deverão entregar Certidão de Emancipação.

Em dezembro, depois de finalizado o Processo Seletivo, os candidatos cujas inscrições foram indeferidas poderão retirar a documentação na Secretaria da CEU. Quaisquer dúvidas podem ser esclarecidas, via e-mail, pelo endereço de Correio Eletrônico processoseletivo@ceupr.org.br.

Serviço:
O que: Processo Seletivo CEU 2017.2 – Extra | 2ª Fase – Entrevistas Individuais
Onde: Sede da CEU | Rua Luiz Leão, n° 1 – Centro – Curitiba (PR)
Quando: Sábado, 11 de novembro de 2017, às 8 horas

Cristiano Sousa
Diretor de Comunicação

Casa do Estudante Universitário do Paraná (CEU)
Departamento de Comunicação
Célula de Relacionamento Institucional

CEU na Internet: www.ceupr.com.br
Curta a CEU no Facebook: @ceuparana
Siga a CEU no Twitter: @ceupr

6 de novembro de 2017

CEU estende o prazo de entrega de documentos para o Processo Seletivo

Nesta segunda-feira (6), a Comissão do Processo Seletivo (Edição 2017.2 – Extra) de novos residentes para a Casa do Estudante Universitário do Paraná (CEU) prorrogou o prazo de entrega da primeira parte da documentação dos candidatos. Os documentos constantes dos itens 5.1 a 5.1.16 do Edital 03/2017 podem ser entregues até a próxima quarta-feira (8), na sede da CEU (Rua Luiz Leão, nº 1 – Centro), em horário comercial.



Se preferir, o estudante também tem a opção de remeter, via Correios, com Aviso de Recebimento (AR), até a mesma data. Nesse caso, deve ser enviado o código de rastreamento, via e-mail, para o seguinte endereço de Correio Eletrônico: processoseletivo@ceupr.org.br, informando o nome completo do candidato no campo “Assunto” da mensagem.

Na impossibilidade de entregar (ou enviar) algum dos documentos elencados entre os itens 5.1.9 a 5.1.16, o estudante deve preencher a declaração do “Anexo I”, comprometendo-se a trazer a documentação faltante no dia da entrevista, sob pena de eliminação do Processo Seletivo.

O comprovante de pagamento da inscrição também deve ser enviado por e-mail.

Confira o cronograma atualizado do Processo Seletivo 2017.2 – Extra:

08/11/2017 (quarta-feira) – envio/entrega da primeira parte da documentação;
09/11/2017 (quinta-feira) – publicação dos nomes dos candidatos aptos à 2ª fase do Processo Seletivo;
11/11/2017 (sábado) – 2ª fase do Processo Seletivo – entrevistas individuais;
14/11/2017 (terça-feira) – publicação do resultado preliminar da 2ª fase;
17/11/2017 (sexta-feira) – prazo final para recorrer;
21/11/2017 (terça-feira) – publicação dos nomes dos candidatos aptos à 3ª fase do Processo Seletivo;
25/11/2017 (sábado) – 3ª fase do Processo Seletivo – Integração dos Novos Estudantes Moradores.

Dúvidas devem ser encaminhadas para o e-mail processoseletivo@ceupr.org.br.

(*) Estudante de Comunicação Organizacional da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR) – Câmpus Curitiba

Cristiano Sousa
Diretor de Comunicação

Casa do Estudante Universitário do Paraná (CEU)
Departamento de Comunicação
Célula de Relacionamento Institucional

CEU na Internet: www.ceupr.com.br
Curta a CEU no Facebook: @ceuparana
Siga a CEU no Twitter: @ceupr

29 de outubro de 2017

CEU apoia ação social para crianças da comunidade Vila Pantanal

Cris Franco (*)

No dia 21 de outubro, a Casa do Estudante Universitário do Paraná (CEU), em parceria com os estudantes do 5°período do curso de bacharelado em Comunicação Organizacional, da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR) – Campus Curitiba, recebeu uma ação social para 40 crianças da comunidade Vila Pantanal. Os pequenos cidadãos são assistidos pelo Projeto Resgate, uma iniciativa que atua com crianças menos favorecidas.

Crianças assistiam atentas a apresentação teatral dos
estudantes do Colégio Estadual do Paraná (CEP) (Foto/Maíra Kaline)

Intitulada Pantalegria, a ação contou com apresentações de peças teatrais dos estudantes e atores do Colégio Estadual do Paraná (CEP), além de diversas brincadeiras, como a dança da cadeira, morto ou vivo, estátua, entre outras. No final, foi servido um lanche.

Segundo o estudante e gestor da ação, Igor Pagliuso, a iniciativa teve origem na disciplina Elaboração de Projetos, inspirada nas atividades desenvolvidas pela Associação Acadêmica Atlética de Design e Comunicação (AAADEC) da UTFPR com as crianças da Vila Pantanal. “A intenção foi aplicar o conhecimento adquirido em sala de aula em um projeto que aproveitasse o Dia das Crianças, para inseri-las em outra realidade, por meio de brincadeiras e atividades culturais”, ressaltou.

Vitória, de 13 anos, disse que será advogada. Nadielly, de 14 anos, sonha em trabalhar como advogada com a amiga. Já a Duda, de 9 anos, quer ser policial. As três participam do Projeto Resgate e concordaram sobre a tarde na CEU. “Gostamos muito das brincadeiras, principalmente, a dança da cadeira”, afirmou Vitória. De acordo com as meninas, em outros momentos, também foram convidadas para ações similares, pela Faculdade de Artes do Paraná (FAP).

Eleonice Piske, responsável pelo Projeto Resgate, explicou que o programa existe há 15 anos, mantido pelas próprias moradoras da Vila Pantanal. “Temos cerca de 45 crianças com até 15 anos de idade. Nosso objetivo é mostrar a elas um mundo além daquilo que estão habituadas”, concluiu.

Cerca de 40 crianças participaram da Ação Social na CEU (Foto/Maíra Kaline)

O evento contou, também, com o auxílio de vários estudantes moradores da CEU, que atuaram como voluntários da ação social.

(*) Estudante de Mestrado em Ciência Política, na Universidade Federal do Paraná (UFPR)

Casa do Estudante Universitário do Paraná (CEU)
Departamento de Comunicação & Marketing
Célula de Comunicação & Marketing

CEU na Internet: www.ceupr.com.br
Curta a CEU no Facebook: @ceuparana
Siga a CEU no Twitter: @ceupr

16 de outubro de 2017

CEU lança novo Processo Seletivo para residentes

A Casa do Estudante Universitáriodo Paraná (CEU) lançou, nesta segunda-feira (16), nova seleção para estudantes moradores. As oportunidades são destinadas a estudantes de nível superior (graduação e pós-graduação) e pré-vestibular, de ambos os sexos, oriundos de todo o Brasil e de outros países. O Processo Seletivo ocorre em três etapas: inscrição, entrevista individual e integração. A taxa de inscrição custa R$ 25.

Prédio Histórico da CEU, inaugurado em 1956 e reformado em 2008 (Foto/Divulgação)

Na CEU, os residentes têm acesso a uma série de benefícios, tais como: café da manhã diário; cozinha colaborativa; sala de estudos; sala de jogos; laboratório de informática; e serviços de portaria e de lavanderia 24 horas. Além disso, os beneficiários também contam com diversas atividades acadêmicas, esportivas, culturais e de lazer.

A primeira fase do Processo Seletivo consiste no preenchimento de um formulário on-line, disponível até às 23h59min do dia 27/10/2017 (sexta-feira da próxima semana). Nesse período, o candidato deverá efetuar o pagamento da taxa, no valor de R$ 25, por meio de boleto bancário, gerado pelo PagSeguro, no final do formulário online de inscrição, ou transferência/depósito bancário. Até essa data, os interessados também deverão entregar parte da documentação obrigatória, conforme estabelecido no Edital 03/2017.

No dia 6 de novembro, será divulgada a relação dos candidatos aptos a participarem da segunda etapa, composta por entrevistas individuais, que serão realizadas no dia 11 de novembro, na sede da CEU. Nessa fase, será avaliada a vulnerabilidade socioeconômica dos candidatos. Na ocasião, também será entregue a segunda parte da documentação necessária, assim como 1 kg de alimento não-perecível, que será doado, posteriormente, a uma organização de assistência social.

No dia 14 de novembro será divulgado o resultado preliminar dessa fase, e os candidatos terão até 17 de novembro para recorrer, caso não tenham sido aprovados. Já no dia 20 de novembro será divulgado o resultado final, com os nomes dos estudantes aptos à terceira e última etapa do Processo Seletivo, marcada para 25 de novembro (integração dos novos residentes).

Quaisquer dúvidas sobre o Processo Seletivo devem ser enviadas, via e-mail, para o seguinte endereço de Correio Eletrônico: processoseletivo@ceupr.org.br.

Sobre a CEU
A Casa do Estudante Universitário do Paraná (CEU) é uma organização da sociedade civil (OSC), de caráter beneficente e personalidade jurídica de direito privado, sem finalidade lucrativa. Reconhecida como a maior casa de estudantes autônoma da América Latina, a Fundação assiste estudantes vindos do interior do Paraná, dos vários estados do Brasil e até de outros países e é administrada pelos próprios estudantes moradores.

Cristiano Sousa
Diretor de Comunicação

Casa do Estudante Universitário do Paraná (CEU)
Departamento de Comunicação
Célula de Relacionamento Institucional

CEU na Internet: www.ceupr.com.br
Curta a CEU no Facebook: @ceuparana
Siga a CEU no Twitter: @ceupr

15 de outubro de 2017

Residente da CEU expõe na Bienal Internacional de Curitiba 2017

Robson Delgado (*)

O estudante de Artes Visuais da Universidade Federal do Paraná (UFPR), Eduardo Barbosa, é um dos artistas selecionados na terceira edição do Circuito Universitário da Bienal Internacional de Curitiba, o Cubic 3.

Eduardo Barbosa, estudante de Artes Visuais da UFPR (Foto/Divulgação)

Intitulada LGBTFOBIA/Calendário, a obra escolhida tem o objetivo de ressaltar o forte preconceito sofrido pela comunidade LGBT, que leva, em muitos casos, à morte dessas pessoas. O trabalho homenageia 260 pessoas, que morreram, neste ano, devido à intolerância sexual no Brasil – país que mais mata LGBTs no mundo.

“As pessoas estão morrendo por serem elas mesmas, e estão morrendo de formas brutais e eu como artista acredito que eu deva me posicionar e a maneira que eu encontrei de me posicionar foi através do meu trabalho”, explica Eduardo, sobre o conceito que da obra.

A exposição teve início no último dia 4 de outubro e segue em cartaz até o 30 de novembro, no Museu de Arte da UFPR (MusA), na Rua XV de Novembro, 695 – Centro. A entrada é gratuita.

Eduardo, na solenidade abertura da exposição (Foto/Acervo Pessoal)

Sobre o artista
Natural de São Paulo (SP), Eduardo Barbosa reside na CEU desde abril de 2015. Ele é formado em Design de Interiores (nível técnico) e, atualmente, está no terceiro ano da graduação em Artes Visuais, na UFPR, curso estruturado na formação artística em duas habilitações: bacharelado e licenciatura.

Seu trabalho se desenvolve nas linguagens da gravura e da pintura e suas obras abraçam o encontro entre o espiritual, questões subjetivas e políticas e experimentações entre essas esferas. O estudante é também pesquisador em arte-educação, com recorte em narrativas afro-religiosas, e educador em arte.

Sobre o Cubic
O Cubic 3 apresenta obras de 37 artistas e coletivos de instituições de ensino superior (IES) do Brasil, da Argentina e do Paraguai.  Todas as exposições têm entrada franca e acontecem, simultaneamente, em cinco locais da capital paranaense: Museu da Gravura Cidade de Curitiba, Museu Municipal de Arte (MuMA), Museu de Artes da UFPR (MusA) e nas salas expositivas do Departamento de Artes da UFPR (DeArtes) e da Escola de Música e Belas Artes do Paraná (EMBAP/Unespar).

Ao final do evento, as obras eleitas como vencedoras, pela Curadoria, serão premiadas com um curso de verão na Escola Parque Lage, no Rio de Janeiro, em 2018, e um valor simbólico em dinheiro. Além disso, após participarem das primeiras edições do Cubic, em 2013 e 2015, muitos estudantes conseguiram intercâmbios internacionais para ampliar ainda mais a formação. Na CEU, todos estão na torcida pelo Eduardo.

(*) Estudante de Jornalismo na Universidade Federal do Paraná (UFPR)

Casa do Estudante Universitário do Paraná (CEU)
Departamento de Comunicação & Marketing
Célula de Comunicação & Marketing

CEU na Internet: www.ceupr.com.br
Curta a CEU no Facebook: @ceuparana
Siga a CEU no Twitter: @ceupr