14 de julho de 2016

1ª edição do Café Filosófico: por que tantas obras de arte são feias?


Evento aconteceu no dia 21 de maio, e teve como objetivo trazer a discussão sobre o conceito de beleza existente, além daquele cafezinho.


De onde vem o conceito de beleza em arte? Por que consideramos algumas obras de arte belas e outras feias, esses foram alguns dos questionamentos levantados na 1ª edição do Café Filosófico, que aconteceu no dia 21 de maio, na Fundação Casa do Estudante Universitário do Paraná (FCEU).

Iuska Wolski, palestrante do evento e graduada em Artes Visuais pela Universidade Federal do Paraná (UFPR), trouxe durante o Café Filosófico uma retrospectiva da arte em relação à beleza, passando pelos períodos: pré-histórico, antigo, medieval, moderno e contemporâneo.

Iuska comentou, também, que de acordo com os períodos e épocas o que as pessoas entendem por beleza tendem a mudar, “o conceito de beleza é algo subjetivo de cada pessoa e de cada época”, afirma.Segundo a moradora, Cláudia Santos, o Café trouxe reflexão sobre o assunto, ela ainda comenta que “a casa precisa de mais eventos como esse”, conclui.

O Café Filosófico realizado pelo Departamento de Comunicação e Cultura (DCC) tem como objetivo trazer discussões sobre diferentes assuntos para os moradores da FCEU e comunidade, como também, criar um espaço de integração entre os mesmos, além disso, não pode faltar aquele cafezinho, de acordo com o integrante do departamento, Eduardo Barbosa, são aceitas ideias para melhorias e temáticas para as próximas edições, “os moradores podem ficar a vontade para trazer sugestões de temas para melhorar o espaço da casa”, comenta.

A próxima edição do Café Filosófico ainda não tem data marcada, então, fiquem ligados em nossas redes sociais, sempre temos novidades pra vocês. Não se esqueçam de levar a xícara!