15 de julho de 2012

CEU inicia a sua participação no III CEPIAL com várias atividades


A Fundação Casa do Estudante Universitário do Paraná (CEU), uma das organizações apoiadoras do III Congresso de Cultura e Educação para Integração da América Latina (CEPIAL), deu o ponta-pé inicial e durante a semana, juntamente com coletivos e movimentos populares da cidade, iniciou uma série de atividades políticas e culturais. Uma realização da Casa Latino-Americana (CASLA), o III CEPIAL vai até domingo, 20 de julho.

Festas e Assembleias

Na terça-feira (10), a CEU foi o local escolhido pela Central dos Movimentos Populares (CMP) para a realização da 1º assembleia da entidade. O encontro, organizado pelo morador da CEU e vice-presidente da CMP, Mauro Langowski, reuniu na Capela da fundação estudantes, ativistas e militantes de várias organizações e coletivos populares de Curitiba.

No sábado a noite (14), enquanto a CEU recebia em seu alojamento congressistas e grupos culturais dos mais diversos países do continente, o coletivo de estudantes africanos da cidade realizou uma grande festa típica no Salão Nobre, no segundo andar. Muita música, bebida e descontração marcaram o encontro entre representantes de vários países da América Latina e da África.

Carnaval Latino Americano

Hoje, domingo (15), moradores e congressistas alojados na casa, dirigiram-se à praça Generoso Marques para o Carnaval Latino Americano, encontro que reuniu diversos grupos culturais do continente num cortejo que percorreria boa parte da rua Riachuelo até a praça 19 de Dezembro, popularmente conhecida como Praça do Homem Nú (fotos abaixo).

Vários moradores da casa participam da produção executiva do congresso. Em sintonia com o tema do XXXVI Encontro Nacional de Casas de Estudantes (ENCE 2012) - "Diversidade: Mesclando Culturas e Criando Vínculos" -, evento que acorreu entre os dias 29 de abril e 4 de maio na cidade de Rio Grande (RS) e que foi realizado pela Secretaria Nacional de Casas de Estudantes (SENCE), a CEU se orgulha de apoiar iniciativas que promovam a integração solidária e o desenvolvimento econômico do continente.


DECO

Nenhum comentário:

Postar um comentário