10 de janeiro de 2011

Militantes do MPL-Curitiba são atacados durante reunião

Nesse sábado, 8 de janeiro de 2011, os militantes do Movimento Passe Livre (Curitiba) se encontraram na Praça do Casal Nu. Como de costume, o grupo se reuniria ali por volta das 15 horas e depois daria início à reunião semanal, para programar suas ações contra o aumento da tarifa do ônibus na Capital. Porém, não foi isso que aconteceu.

Enquanto esperavam a chegada de outros companheiros, os militantes do MPL foram abordados por um grupo de cerca de 6 homens. Tinham entre 15 e 25 anos, usavam roupas comuns e a maioria tinha a cabeça raspada. Durante algum tempo, o grupo de homens tentou provocar os militantes, insultando-os com discurso típico de radicais extremistas da direita. Não encontrando reação, viraram as costas para ir embora. Foi quando um deles repentinamente voltou-se e acertou um chute na cabeça de um dos integrantes do MPL, sem chance de defesa. Com a força do golpe, o militante entrou em convulsão e foi agarrado por seu agressor, que continuou a esmurrá-lo. Uma das companheiras foi para cima do agressor para tentar detê-lo e foi esmurrada. Os outros militantes tentavam de qualquer maneira pedir ajuda, gritando e telefonando para a polícia. Um dos companheiros conseguiu conter o agressor, que em seguida fugiu com seu bando em direção ao Largo da Ordem.

Os dois militantes agredidos foram levados pelo SIATE para o pronto-socorro do Hospital Evangélico. A companheira que foi esmurrada recebeu alta depois de 3 horas, com hematomas e escoriações no rosto e joelho e com fraturas dentárias. O companheiro que foi atingido pelo chute, depois de passar várias horas confuso e com a memória abalada, recebeu alta e passa bem, mas ainda está em observação.
A polícia foi acionada no momento do ataque, porém, dado o tempo que levaram para chegar ao local, os agressores já haviam desaparecido. Fizeram uma busca pela região, mas nenhum dos agressores foi encontrado.

Fonte: MPL Curitiba

Um comentário: