10 de abril de 2010

Colégio Estadual do Paraná terá eleições diretas

Novo diretor deverá ser escolhido até o fim do mês de junho. Projeto de lei será enviado à Assembleia Legislativa para alterar a legislação atual que regulamenta o pleito no colégio

O Colégio Estadual Paraná (CEP) vai escolher o novo diretor por meio de votação. A realização de eleições diretas no maior colégio público do estado foi anunciada, no fim da tarde desta segunda-feira (10), pelo governador Orlando Pessuti (PMDB) depois de reunião realizada com uma comissão do Grêmio Estudantil da instituição.


A regulamentação atual, prevista na lei nº. 14.231/2003, determina que os diretores do CEP sejam indicados pelo governo estadual. “Ainda esta semana, enviaremos um projeto de lei à Assembléia Legislativa alterando a legislação para que o CEP possa eleger seu novo diretor ou diretora”, disse o governador em entrevista à Agência Estadual de Notícias (AEN) – órgão oficial do governo. Pessuti afirmou que o pleito no colégio deve acontecer até o fim do mês de junho.

Segundo a secretária estadual da Educação, Yvelise Arco-Verde, a realização de eleições diretas nas escolas públicas é um dos indicativos da Conferência Nacional de Educação, realizada em Brasília no final do mês de março.

Novo comando

No último dia 3, a diretora Maria Madselva Ferreira Feiges entregou o cargo. Ela dirigia o colégio desde 2007. Uma comissão - formada por pessoas do Núcleo Regional de Educação e do CEP – assumiu a gestão coletiva da instituição.

Fonte: Gazeta do Povo

Nenhum comentário:

Postar um comentário