6 de julho de 2009

Mário Carneiro Próspero, o Administrador


Mário Carneiro Próspero conheceu a CEU através de seu tio que era proprietário do antigo Hotel Majestoso, que alugou o hotel para ser instituída temporariamente a CEU, isso em 1948. Exerceu os cargos de superintendente, administrador e procurador geral da CEU junto ao governo de 1948 a 1973.

Morou na CEU, jutamente com a sua família, nos fundos da instituição. Foi presidente da AMORCEU - Associação dos Ex-Moradores da CEU, sucedendo Orlando Pessuti, em 1978.

Foi homenageado em 1973, ano em que saiu da CEU, aceitando um convite para trabalhar no Hotel San Martin em Foz do Iguaçu.

Faleceu em 1998, deixando saudades na sociedade paranaense, e sempre é lembrado com carinho pelos atuais e ex-moradores da CEU.

"Um grande significado na minha convivência com a CEU foi o de proporcionar a oportunidade de conquistar a amizade, o respeito e a mútua consideração por parte de mais de 2.000 universitários que passaram pela CEU nos 25 anos de minha permanência." Publicado na Revista Anual da CEU em 1988.

Um comentário:

  1. Foi com ajuda do Comendador Dr. Mario Carneiro Próspero onde morei e visitei o mesmo hotel desde minha infância que reconheci a realidade da época da Ditadura, e por consequência dos retratos que havia no salão de hospedes que notei que havia naquela época ex-nazistas alemães, fascistas italianos, poloneses, russos procurados, e muitos criminosos da Segunda Grande Guerra Mundial. Certamente que alguns ingleses, e alguns argentinos que fugiram da Guerra das Malvinas, ilhas Falkland também vieram se hospedar no Palace Hotel Rua Barão do Rio Branco 62 no centro de Curitiba Pr. Certamente o Porteiro Clemente Bichinski conheceu e se calaou muitas vezes, incusive um hospede negro, bombeiro, que fugia sempre para o Paraguai quando um hospede falecia ou se suicidava dentro num dos quartos do Palace Hotel. Dr. Mário C. Prospero, me conheceu John Massao Shiraishi, meu Pai Massao Shiraishi, minha mãe Tereza de Oliveira Shiraishi e inclusive os estudantes cascavelenses Renato Pompeu, Nilo Guidi e outros. Inclusive fui convidado para participar da Entrega da Chave da Cidade de Curitiba na Câmara dos Vereadores, quando o Dr. Mario C. Próspero relatou que vendeu quando estudante da Universidade Federal, um calhambeque Ford para construção da Casa do Estudante Universitário. Tudo foi promovido pelo seus companheiros do Lions Club de Curitiba. Hoje é 20 de Julho de 2019, meu pai Massao Shiraishi faleceu em 06 de Novembro de 1999.Eu e Minha mãe ainda vivemos com dificuldades. Para conhecer algumas historias conheçam meu Facebook https://pt-br.facebook.com/johnmassao.shiraishi

    ResponderExcluir