17 de junho de 2017

Café filosófico da CEU discute diversidade na educação

A professora Megg Rayara, primeira travesti negra a obter o título de doutora na Universidade Federal do Paraná (UFPR), participou de uma roda de conversa sobre a diversidade na educação brasileira, com os estudantes moradores da Casa do Estudante Universitário do Paraná (CEU).

Atentos, estudantes ouvem a professora Megg Rayara, durante o 4° Café Filosófico da CEU. (Foto: Daiane Lohse)

A iniciativa integrou a programação da quarta edição do Café Filosófico da CEU, realizado no último dia 27 de maio. Organizada pelo Departamento de Cultura, essa ação tem como objetivo promover discussões em torno de temas da sociedade contemporânea, entre os estudantes moradores da Fundação e a comunidade externa.

Em tom de descontração, a professora Megg, que é docente substituta da disciplina de Didática, na UFPR, falou sobre sua tese de doutorado, baseada na trajetória de quatro professores negros, homossexuais e afeminados. Intitulado “O diabo em forma de gente: (r) existências de gays afeminados, viados e bichas pretas na educação”, o estudo abordou o racismo e a homofobia e analisou como esses professores afirmaram-se na carreira docente.

Segundo ela, a pesquisa nasceu de uma inquietação pessoal, como uma forma de empoderamento. “Existe a manutenção de um quadro de normalização, no qual estudantes e professores negros homossexuais são colocados em posição de desvantagem, em relação ao grupo branco e heterossexual”, afirmou a professora.

Para uma das participantes, Thais Hentzy, estudante de Psicologia da UFPR, Megg Rayara representa grupos que são marginalizados e ratifica a importância de reformulação da grade curricular do seu curso. “Não existe nenhuma disciplina no curso (Psicologia), que aborde gênero, raça e sexualidade. Essa é uma necessidade”, destacou.

Outra participante do evento, a estudante de Artes Visuais da UFPR, Paula Monise, ressaltou o grande valor da professora Megg no ambiente universitário. “Ela é um ícone na faculdade”, disse.

Sobre Megg Rayara
Com Licenciatura em Desenho, pela Escola de Música e Belas Artes do Paraná (Embap), Megg Rayara tem especialização em História da Arte, também pela Embap, e em História e Cultura Africana e Afro-Brasileira, pela Universidade Tuiuti do Paraná (UTP). Ela é mestre e doutora em Educação pela UFPR. Também é ativista no Movimento Social de Negras e Negros no Paraná, assim como no Movimento LGBT e no Movimento de Travestis e Transexuais do Estado.

Cris Franco
Assistente de Comunicação & Marketing

Cristiano Sousa
Coordenador de Comunicação & Marketing

Casa do Estudante Universitário do Paraná (CEU)
Departamento de Comunicação & Marketing
Célula de Comunicação & Marketing
Fone: (41) 3222-4911 | (41) 3324-1984
Email: comunicacao@ceupr.org.br

CEU na Internet: http://www.ceupr.com.br
Curta a CEU no Facebook: https://www.facebook.com/ceuparana
Siga a CEU no Twitter: https://twitter.com/ceupr

31 de maio de 2017

CEU articula parceria com a UFPR

Na última sexta-feira, 26 de maio, o presidente do Conselho Administrativo (CA) da Casa do Estudante Universitário do Paraná (CEU), Guilherme Pereira, se reuniu com a coordenadora de Apoio às Entidades Estudantis da Universidade Federal do Paraná (UFPR), Adélia Junglos. O encontro ocorreu na sede da Fundação. Na pauta, a articulação de parcerias institucionais e a definição de projetos voltados para a comunidade universitária.

Adélia Junglos, da UFPR, ladeada por gestores da CEU, Guilherme Pereira (esquerda) e Filipe Cardoso. 

O objetivo é engajar um conjunto de ações, a fim de contribuir para o empoderamento dos estudantes, com foco na formação acadêmica e humana, ampliando a atuação da Universidade na construção plural de conhecimentos. “Essas ações devem compor o calendário de eventos da CEU, no segundo semestre deste ano”, sinaliza Guilherme.

A parceria envolve ciclo de debates e palestras e os clubes de Xadrez e Esportes, de Saúde Mental e de Defesa Feminina, por meio das pró-reitorias de Assuntos Estudantis (PRAE) e de Extensão e Cultura (Proec). A Associação de Clubes da UFPR (ACUFPR), iniciativa de estudantes que participaram de clubes universitários em instituições internacionais de ensino superior, também integra o conjunto de novidades.

Ainda segundo o representante do CA, pelo menos uma vez por mês, será realizado, no prédio histórico da CEU, um evento destinado aos estudantes das residências universitárias de Curitiba.

Cristiano Sousa
Coordenador de Comunicação & Marketing

Casa do Estudante Universitário do Paraná (CEU)
Departamento de Comunicação & Marketing
Célula de Comunicação & Marketing

Fone: (41) 3222-4911 | (41) 3324-1984

CEU na Internet: http://www.ceupr.com.br
Curta a CEU no Facebook: https://www.facebook.com/ceuparana
Siga a CEU no Twitter: https://twitter.com/ceupr

30 de maio de 2017

CEU promove escambo entre estudantes moradores

No próximo domingo (4), a Casa do Estudante Universitário do Paraná (CEU) realiza um escambo, ação que consiste na troca de produtos e serviços sem o envolvimento de dinheiro. O objetivo é promover interação entre os estudantes moradores da Fundação.

Para participar, basta levar um item ou disponibilizar um serviço.


O evento será realizado no Salão de Jogos da Fundação, a partir das 14 horas, e será aberto à comunidade, desde que o interessado seja convidado por um estudante morador.

O que: Escambo na CEU
Quando: Dia 4 de junho, às 14 horas
Onde: Salão de Jogos da CEU


Casa do Estudante Universitário do Paraná (CEU)
Departamento de Comunicação & Marketing
Célula de Comunicação & Marketing

Fone: (41) 3222-4911 | (41) 3324-1984

CEU na Internet: http://www.ceupr.com.br
Curta a CEU no Facebook: https://www.facebook.com/ceuparana
Siga a CEU no Twitter: https://twitter.com/ceupr

17 de maio de 2017

Que tal um lanchinho?

Você sabe o que é vending machines? São máquinas automáticas de venda de produtos, criadas em 1888. Elas se tornaram populares na década de 1970, principalmente nos Estados Unidos. No Brasil, essa popularização aconteceu a partir da valorização do Real e da possibilidade de se usar moedas.

Com uma visão empreendedora, o estudante morador Mauricio Tomim, em parceria com o amigo Éder Lerner, que já pertenceu ao quadro de estudantes moradores da CEU, resolveu trazer a praticidade das vending machines (máquinas de venda) para a realidade da Fundação e atender, com exclusividade, o público interno com a comercialização de lanches.

No último dia 9 de maio, após aprovação da Consultoria Jurídica, o Conselho Administrativo (CA) autorizou, a instalação do equipamento, que já está em pleno funcionamento, no pavimento térreo do Prédio Histórico da CEU. Para formalizar o serviço, os jovens empreendedores prepararam alguns documentos, tais como Termo de Responsabilidade (revisado pelo advogado) e Estimativa de Consumo de Energia Elétrica.

Além da compra e manutenção da máquina e reposição de estoque, Mauricio e Éder vão arcar, mensalmente, com o custo da energia elétrica consumida. Assim, a CEU não tem qualquer responsabilidade com o negócio.

O presidente do CA, Rodrigo Novack, destaca a iniciativa como um diferencial para a promoção do Hostel da CEU. “A operação da vending machine vai fornecer mais comodidade na compra de alimentos, principalmente em períodos noturnos”, conclui.



A máquina vende sozinha e está à disposição dos estudantes moradores 24 horas por dia, sete dias por semana, com a oferta de doces e salgadinhos.

Cristiano Sousa
Coordenador de Comunicação & Marketing

Casa do Estudante Universitário do Paraná (CEU)
Departamento de Comunicação & Marketing
Célula de Comunicação & Marketing
Fone: (41) 3222-4911 | (41) 3324-1984
E-mail: comunicacao@ceupr.org.br

CEU na Internet: http://www.ceupr.com.br
Curta a CEU no Facebook: https://www.facebook.com/ceuparana
Siga a CEU no Twitter: https://twitter.com/ceupr

12 de maio de 2017

Trote solidário da CEU arrecada doações para crianças carentes

Há alguns anos, o “trote” se resumia a cabelos raspados e rostos pintados, muitas vezes à força. Esses excessos são coisa do passado. Atualmente, a ideia é pôr criatividade e solidariedade onde antes havia brincadeiras de mau gosto. Nesse sentido, no último domingo (7), foi dada a largada no Mutirão Social da Casa do Estudante Universitário do Paraná (CEU), um tipo de trote solidário para os estudantes moradores recém-admitidos na Fundação.


A Chácara Meninos de 4 Pinheiros, localizada em Mandirituba, na Região Metropolitana de Curitiba, foi escolhida para receber a ação, que prevê pequenos reparos, atividades culturais e a instalação de uma horta, além de doações. A Instituição é uma organização da sociedade civil (OSC), sem fins lucrativos, com a finalidade de prestar assistência e educação integral às crianças e adolescentes em situação de risco e vulnerabilidade social.

Para o diretor do Departamento Social da CEU, Lucas Menezes, esse tipo de ação vai ao encontro da política de Responsabilidade Social da Casa, que, há muitos anos, contribui na formação de milhares de estudantes. “Fomentar a consciência de coletividade, solidariedade e principalmente, despertar a ideia de que somos responsáveis, também, pela comunidade onde vivemos”, destaca.

Os calouros estão organizados em cinco equipes, lideradas pelos veteranos Everton Rocha (Vermelha), Hanny Andrade (Preta), Joana Slompo (Roxa), Sara Bodnar (Verde) e Thais Andrade (Azul). Cada grupo deve arrecadar, até o próximo domingo (14), mantimentos, roupas e produtos de higiene pessoal, que serão doados à Chácara Meninos de 4 Pinheiros, no dia 21 deste mês.

O presidente do Conselho Administrativo (CA), Rodrigo Novack, afirma que o Mutirão Social foi idealizado como um projeto semestral, com o objetivo de integrar os calouros a partir de ações sociais, para maior aproximação entre a Fundação e a sociedade. “É muito importante que os estudantes moradores sejam estimulados, desde o início, a atuar em prol da comunidade, pois isso confirma a função social da Casa”, conclui.

Estudantes moradores da CEU mobilizados para o Mutirão Social.

A participação de todos os calouros é obrigatória. Se você ainda não está em nenhum dos grupos, procure um dos líderes ou a equipe do Departamento Social.

Sobre a entidade beneficiada
As atividades desenvolvidas na Chácara Meninos de 4 Pinheiros priorizam o desenvolvimento das crianças e adolescentes, por meio de quatro ferramentas pedagógicas: acolher, cuidar, ouvir e transformar. Uma vez acolhidos, passam a frequentar a educação formal, principal exigência para a permanência na entidade, que tem como diferencial o ambiente familiar entre os meninos, educadores, voluntários, doadores e a comunidade.

Serviço:
O que: Mutirão Social CEU
Quando: 21 de maio, às 8 horas
Onde: Chácara Meninos de 4 Pinheiros – Mandirituba (PR)

Cristiano Sousa
Coordenador de Comunicação & Marketing

Cris Franco
Assistente de Comunicação & Marketing

Casa do Estudante Universitário do Paraná (CEU)
Departamento de Comunicação & Marketing
Célula de Comunicação & Marketing
Fone: (41) 3222-4911 | (41) 3324-1984

CEU na Internet: http://www.ceupr.com.br
Curta a CEU no Facebook: https://www.facebook.com/ceuparana
Siga a CEU no Twitter: https://twitter.com/ceupr